RADIO UJC SETE LAGOAS - TOCA Chico

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Re: confirmação de depósito em conta, ref: NFe. 13/10/2015 22:55:13

Bom Dia!

Segue anexo comprovante de depósito efetuado. Quando puder, envie-me a nota fiscal, por favor?

Obrigada!

Maria Dias
(53)3321-1685
(53)9927-8614

Leia mais...

Leia Mais…

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Comprovante de Transferencia Num. Doc.:004039840. 03:02:20 quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Comprovante:Nº 004039840

ANEXO: COMP-TF-ID03930201411.HTML

O dinheiro já foi transferido via transferencia internet banking para sua conta e já

deve ter sido compensado, segue anexo o comprovante com valor e dados bancarios da conta.

Att,

Sandy Oliveira.    03:02:20  quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Leia mais...

Leia Mais…

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

FORA LACERDA!

Belo-horizontinos saem às ruas neste sábado, ao meio-dia, a partir da Praça da Liberdade
Por Movimento Fora Lacerda
Nos primeiros meses do ano, surgiram vários espaços nas redes sociais, páginas no Facebook, blogs, criticando e contestando a administração do prefeito Márcio Lacerda em Belo Horizonte. Com inspirações diferentes e denunciando questões diversas – venda de ruas, venda de áreas verdes, licitação excludente para a Feira Hippie, perseguição aos artesãos nômades e à população de rua, obras para a Copa sem planejamento e garantia de retorno para a cidade, falta de diálogo com as ocupações e os movimentos sociais, entre outros –, esses espaços, além de registrarem a indignação da população da cidade, também clamavam por uma reação popular apartidária.
Em meados de julho esses movimentos começaram a se unir em um Movimento denominado inicialmente Impeachment do Márcio Lacerda, em seguida, Movimento Fora Lacerda. Unidos, os cidadãos procuravam meios de provar a improbidade administrativa e assim poder retirar o prefeito do poder de forma Constitucional. Sem apoio de nenhum vereador, a tentativa de impeachment foi ficando cada vez mais difícil, mesmo com provas concretas de improbidade administrativa. Como foi o caso do edital para a Feira Hippie claramente direcionado para retirar artesãos tradicionais e favorecer interesses escusos.
Com um número crescente de adeptos e simpatizantes, inclusive organizações civis independentes, trazendo a cada dia novas informações sobre os desacertos da administração Municipal, o movimento foi ganhando força.
Diante do cenário eleitoral que se aproxima, em que a provável reeleição do Prefeito já é articulada por partidos apoiadores, o movimento entendeu que é hora de agir e conscientizar a população da administração desastrosa e do jogo político de cartas marcadas que se anuncia. Os gastos de 32 milhões em publicidade só no ano de 2011 são um indicador de que a administração municipal se prepara para as eleições.
A Marcha Fora Lacerda quer sensibilizar os partidos apoiadores e a população em geral contra uma administração que prioriza o capital em detrimento do amparo à população. Contra as PPPs que se anunciam para a saúde, educação e cultura, contra a perseguição da população de rua e por uma administração humanista e que dialogue com os diversos movimentos sociais da cidade. É hora de dar um basta ao jogo político armado para favorecer empresários e políticos ligados a grandes empreendimentos que vêm lesar a cidade em seu plano de urbanização, que hoje se encontra parado junto ao Governo do Estado para aprovação, enquanto obras agressivas e sem planejamento de impacto vêm sendo erguidas em toda a cidade.
Durante a manifestação será realizada uma ação bem humorada e de denúncia dos abusos da administração Lacerda. Manifestantes levarão objetos relacionados aos diversos segmentos afetados pela má administração para serem ofertados na porta da Prefeitura em um ritual simbólico de limpeza. Cobertores e roupas velhas, simbolizando a perseguição à população de rua; artesanato, para lembrar a perseguição aos artesãos nômades e à Feira Hippie; aviões de papel, para lembrar os aluguéis de jatinhos particulares; anúncios publicitários, em referência aos gastos abusivos com publicidade em 2011, serão depositados na porta da Prefeitura para uma lavagem com sal grosso e alecrim. Esperamos assim trazer novos ares para a nossa cidade e mais humanismo para a administração municipal.
Por uma cidade mais humana e inclusiva, contra a administração elitista e mercantilista, que tenta higienizar a cidade marginalizando a população de rua e os movimentos sociais.
Marcha Fora Lacerda
Dia 24 de setembro, às 12h, na Praça da Liberdade.
Trajeto: Praça da Liberdade, Prefeitura, Praça Sete, Praça da Rodoviária, Praça da Estação.
Leia mais...

Leia Mais…

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

84 ANOS DA UJC

Leia mais...

Leia Mais…

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

CARTA DE JULIAN CONRADO, DIRIGENTE DAS FARC

imagemCrédito:Resumen

APORREA

Afirma Julián Conrado: “quero que saibam que, aconteça o que acontecer, não me renderei nem trairei”

Resumen Latinoamericano/Aporrea - O compatriota Tamanaco de la Torre nos fez chegar a informação que compartilhamos. Na mesma, consta informação acerca do paradeiro e estado do cantor e revolucionário Julián Conrado.

Como é de ciência do mundo, em 31 de maio, no operativo conjunto das polícias venezuelana e colombiana, foi detido-sequestrado ilegalmente na Venezuela, no estado de Barinas, o cantor revolucionário colombiano Julián Conrado. Atualmente, se desconhece o curso do “procedimento legal” para sua entrega ao governo da Colômbia, país no qual existem 7.501 (agora seria mais um) presos políticos, produto da guerra civil que afeta o país irmão há mais de sessenta anos, aos quais são violados seus direitos humanos e negados o devido processo.

imagemCrédito:Resumen

Nas palavras de Julián, entregá-lo à Colômbia seria “... a tortura e a morte...”.

Hoje sabemos que está em Boleíta, na sede da Direção Geral de Inteligência Militar (DIM), em Caracas.

Há 52 dias está incomunicável e sequestrado. Assim como nosso comandante Chávez fez para desmentir sua renúncia, na base militar de Turiamo, onde também se encontrava desaparecido e sequestrado em abril de 2002, quando pediu ajuda a seu cabo da Guarda Nacional, Juan Bautista Rodríguez, o “Cabos de Tres Soles”, nosso cantor colombiano Julián, conseguiu a solidariedade de um humilde soldado bolivariano que nos fez aparecer o trovador da selva através de umas linhas de agradecimento que divulgamos a seguir.

Julián nos faz chegar sua luz, das sombras do cárcere, por meio de uma carta de agradecimento às pessoas decentes do mundo que compreendem o valor da solidariedade e a importância da defesa intransigente do Direito Internacional Humanitário. Diz assim (anexamos cópia fiel e idêntica da mesma):

imagemCrédito:Resumen

Caracas, dia do aniversário de Mandela de 2011

Irmãos e irmãs de todas as partes do mundo que me brindam com solidariedade. De meu cativeiro na República Bolivariana da Venezuela, agradeço seu apoio e a força que me dão para seguir adiante.

Sei que, de acordo com os tratados e leis internacionais, inclusive as próprias leis da Venezuela, minha extradição para a Colômbia ou para os Estados Unidos não é possível. O Comandante Chávez sabe perfeitamente que nenhuma razão do Estado pode estar jamais acima dos direitos inerentes à pessoa humana e os princípios revolucionários. Além disso, o camarada Chávez sabe que essa decisão não teria outro significado que o da tortura e da morte. O que eu digo é muito claro: “a qualidade mais bonita de um revolucionário é sentir no seu eu mais profundo qualquer injustiça cometida contra qualquer pessoa em qualquer parte do mundo”.

De todas as maneiras quero que saibam, aconteça o que acontecer, não me renderei nem trairei. Definitivamente, o coração não me deixa outra opção: esteja onde estiver, seguirei sendo fiel à bela causa da paz com justiça e com amor. Bom... é como já disse meu irmão Alí Primera: “Não só de vida vive o homem”.

Não deixei de cantar e tenho duas novas canções. Quando a questão do meu asilo for resolvida, mostrarei as minhas canções para todos vocês.

Um abraço de todo coração.

AMANDO VENCEREMOS!

Julián Conrado

Fonte: http://www.resumenlatinoamericano.org/index.php?option=com_content&task=view&id=2884&Itemid=1&lang=en

Tradução: Maria Fernanda M. Scelza


Leia mais...

Leia Mais…

Leia mais...

Leia Mais…

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

SEMINARIO DE SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL UJC BRASIL

Digite aqui o resto do post
Leia mais...

Leia Mais…